Downloads:

Neste episódio Melanie e Thiago falam um pouco das suas leituras da semana e comentam (com muito spoilers) sobre o livro “A Culpa é das Estrelas” de John Green.

Reading Progress

Melanie

Thiago

Lançamentos de Julho

Comentado durante o review

  • Heverton Daniel

    Enquanto a Melanie foi falando sobre Women Who Kill eu ficava cada vez mais curioso sobre o mesmo, pois eu quero incluir uma personagem assassina em um dos meus futuros livros. E esse livro é bem perigoso nas mãos das mulheres ein, concordo com o seu amigo hahaha

    Sobre humanizar os personagens, está sendo uma boa sacada em tudo que vemos hoje filmes, séries, livros, hq’s e outros. Até um tempo atrás o povo era fascinado com personagens que diferenciava dos humanos, quem queria ver histórias de personagens como nós? quem queria personagens com falhas humanas? Mas hoje está mudando bastante, todos apresentam falhas e quanto mais humano melhor e mais complexo e mais aceitável, e depois vamos ver daqui uns anos quando enjoarmos disso, o que o público vão exigir dos personagens.

    O livro ACEDE foi uma leitura muito boa, também não sou daqueles que gostam de romance melado, um romance como teve nesse livro torna a leitura mais crível e agradável e nada que beira contos de fadas, o que me deixou com um fascínio pelo autor por conseguir manter tudo que criou sem se atrapalhar e sair do gênero do livro que é o romance/drama, seus elementos foram quase únicos, pois, a maioria que escreve livros de romance com adolescentes sempre coloca o doce todo, não é? talvez para tornar a história mais fácil como se o amor fosse docinho, meladinho e tal, e nesse livro não precisou muuito disso, apenas naturalizou e conseguiu!

    Um ótimo podcast, ouvi ele todinho quando não estava com sono e não me cansei e nem tive o sono que esperava, tive mais duas horas depois só relembrando partes do livro com o mesmo entusiasmo de vocês kkk Vocês são dmais!

    • Eu diria assim… se você encontrar Women Who Kill gratuitamente, pegue. Mas eu não sei se ele vale muito mais que… uns dois dólares, talvez? O sentimento de ler esse livro é muito parecido com o de ler livros do estilo “Mulhers Inteligentes, Escolhas Insensatas”. Até mesmo para um livro factual ele é relativamente fraco e você provavelmente consegue muito material melhor na internet!

      Humanização de personagens parece ser um assunto bem recorrente aqui no cast desde os mais tenros episódios, hehe. Mas o que você mencionou é uma coisa bem interessante, Heverton: eu acho que GERALMENTE personagens são criados para satisfazer o ego das pessoas de acordo com a tendência de uma determinada época. A impressão que eu tenho é que grande parte dos heróis incorruptíveis foi criada durante épocas de fortes crises econômicas, quando a sensação de impotência da população era muito grande (o Superman não foi criado mais ou menos na época da grande depressão econômica dos Estados Unidos?) e quando existe uma necessidade muito grande das pessoas se identificarem com alguém que é capaz de resolver os problemas de maneira fácil e rápida. Isso começou a ficar mais claro para mim com o advento de livros distópico do estilo Jogos Vorazes numa época em que feminismo e igualdade ganharam uma visibilidade maior. TALVEZ hoje em dia a necessidade seja justamente de enxergar a verdadeira natureza humana?

      Quanto a ACEDE, uma coisa interessante é que na segunda leitura do livro, eu parei um pouco e pensei: “hm. Até que esse livro é bem romantiquinho, né?”. Talvez o nosso problema não seja necessariamente romance melado, mas a necessidade de ler sobre um relacionamento em que o diálogo do casal não se resuma a “discutir relacionamentos”. Isso é até razão pela qual eu gosto tanto dos romances do Brandon Sanderson: eu acho muito interessante e divertido acompanhar o diálogo dos casais porque eles transcendem diálogos pessoais e falam sobre muito mais do que relacionamentos e para onde eles vão.

      E, acima de tudo, agradecemos pela paciência de escutar esse episódio! Sempre que pensamos nos formatos dos episódios antigos, meio que rangemos os dentes pelo formato deles! =X

Copyright Agentes do L.I.V.R.O. © 2014-2017