In Conversation: Madeline Miller

29 de outubro de 2018

Eu tenho feito uma série de posts sobre o que eu tenho lido ultimamente, mas por questões de tempo tenho deixado de escrever qualquer coisa a respeito de outras coisas relacionadas ao mundo literário que eu tenho achado interessantes. Acreditem, não é por falta de eventos interessantes! Mas por sorte pude participar de um evento que alavancou a minha vontade de escrever um post diferente do padrão das últimas semanas: dia de autógrafo com Madeline Miller, a autora de The Song of Achilles e Circe!

O evento In Conversation: Madeline Miller se passou no Harbourfront Centre, uma construção que mistura museu e vários auditórios pequenos e aconchegantes, e era apenas uma das várias atrações do Toronto International Festival of Authors, que acontece todos os anos e reúne diversos escritores de diversas partes do mundo.

A parte do evento em que participei foi bem curtinho: a autora leu dois trechinhos de Circe e depois respondeu a uma série de perguntas. A maioria delas relacionada ao processo de escrita do livro, como ela desenvolveu os personagens e o que a motivou a escolher, dentre tantas entidades da mitologia grega, justamente a ninfa Circe. De lambuja, ela ainda jogou a corda para a possibilidade de um seriado baseado no livro! Os atores ainda estão sendo escolhidos, então provavelmente não é algo por que possamos esperar ver no Netflix antes de… 2020? De qualquer forma, estamos aqui no aguardo de mais informações!

Não deu para tirar muitas fotos do evento em si porque a iluminação não era a mais propícia, mas deu para aproveitar bem a entrevista, que durou apenas uma hora.

Depois disso, veio a hora de levar o livro para ser autografado. Ainda que a fila não tenha ocupado o lugar inteiro, ainda precisei ficar quase uma hora esperando a minha vez. Mas foi bacana ver o tanto de pessoas entusiasmadas com os livros.

Quando chegou a minha vez de ter o livro autografado, mostrei a ela o livro cheio de marcações e ela ficou toda feliz, dizendo que é uma honra para o autor quando as pessoas marcam os trechos preferidos no livro.
E já que eu já estava com a mão na massa, aproveitei para jogar um verde no ar e perguntei se ela tinha planos em escrever alguma coisa sobre Apollo e Hyacinthus, já que ela já fez um post a respeito dos dois no blog dela. Ela disse que precisa estar compelida pelos personagens para escrever uma história, mas que isso estava nos planos dela. Nem preciso dizer que fiquei toda serelepe com a resposta. Eu já adoro livros sobre a mitologia grega e ainda mais quando envolve personagens LGBTQ, imaginem as minhas expectativas!

Claro que eu não pude deixar de pedir para tirar uma foto com ela!

Para fechar bem o dia, eis a minha cópia de The Song of Achilles autografado pela autora, com dedicatória e tudo!

Foi um evento ótimo e muito bem organizado, mas foi tão breve que acabou deixando aquele gosto de “eu queria que tivessse durado por mais tempo”. Agora só me resta ficar de olho nas próximas oportunidades de ir a eventos que tenham meus autores preferidos!

Copyright Agentes do L.I.V.R.O. © 2014-2017