Leituras de Setembro (2018)

4 de dezembro de 2018

Setembro foi outro mês ótimo para leituras mas, novamente, eu acabei lendo vários livros sobre cognição e conteúdo técnico, então nem vou mencioná-los neste post para não fugir muito do escopo do que costumamos falar (mas para quem tem curiosidade, o meu Goodreads sempre lista todas as coisas que estou lendo/já li/pretendo ler!).
‘bora para a lista!

The Wizard of Earthsea (Ursula K. Le Guin)
Avaliação: ★★★☆☆
Esta foi a escolha do mês para o Clube do Livro. Ursula K. Le Guin é uma autora com cujos livros eu tenho uma tendência maior de ser um pouco mais cuidadosa na hora da leitura, porque os livros dela geralmente são densos e misturam fantasia com ficção científica e fortes aspectos sociais no desenvolvimento de mundos. Esse livro, no entanto, pareceu ir na direção contrária a todos os livros que eu li dela… o que acabou me proporcionando uma experiência um pouco aquém do que eu estava esperando. Foi como se ela pegasse toda a série Eragon e esmagasse tudo em menos de 300 páginas, o que pode parecer bom, visto que a série Inheritance do Christopher Paolini pode soar desnecessariamente longa para quem já leu séries de fantasia o suficiente. No entanto, a graça dos livros da Ursula geralmente é justamente o fato deles desenvolverem questões sociais complexas de um jeito bem descritivo (e longo), e no caso desse livro eu quase não notei a presença dos elementos que a caracterizam tão bem. Talvez por este ser um livro direcionado a um público mais jovem?
Bem, não sei, mas fica o saldo final de que este não é nem de longe meu livro preferido da autora. Acho que vale a pena investir um tempo a mais nas obras mais longas dela, em que o “payback” parece muito maior.

What Every Body is Saying (Joe Navarro)
Avaliação: ★★★★★
Esse livro foi uma recomendação do Thomas Frank e foi definitivamente uma das leituras mais interessantes deste ano. Sendo completamente inapta em quesitos sociais, esse livro ensina algumas dicas e truques para entender a linguagem corporal e como responder de acordo.

Legion: The Lies of the Beholder (Brandon Sanderson)
Avaliação: ★★★★☆
Finalmente, o desfecho da história de Legion! Os livros da série Legion não figuram entre os meus preferidos da autoria do Brandon, mas ainda assim é uma trilogia que definitivamente vale a pena conferir!

Everything I Never Told You (Celeste Ng)
Avaliação: ★★★☆☆
Lembram-se que eu tinha dito que não gosto de plots que giram em torno de desentendimentos causados por personagens que não sentam e conversam para resolver suas diferenças? Pois é, este livro foi uma exceção. Apesar de este não ter sido o meu livro preferido, ele foi muito interessante com relação a desenvolvimento de personagens. Ele também fez um trabalho ótimo retratando o racismo para com asiáticos nos Estados Unidos da década de 70. Eu consegui identificar um pouco de mim mesma e das pessoas ao meu redor com cada um dos personagens do livro, com seus problemas e dilemas. Isso sem contar que a Celeste Ng fez um trabalho ótimo com transição de pontos de vista. Você simplesmente não sente que o livro tem pelo menos 5 pontos de vista distintos porque a maneira como a autora pula de um para o outro é muito sutil.
Este livro também foi a escolha do Clube do Livro para o mês de Outubro, mas acabei concluindo a leitura mais cedo do que imaginava!

E quanto a vocês? O que vocês estão lendo no momento? Deixem-nos seus comentários!

Copyright Agentes do L.I.V.R.O. © 2014-2017