Tag dos 50%

28 de junho de 2017

(Disclaimer: a imagem do post veio daqui!)

Já estamos quase passando a metade do tempestuoso ano de 2017, e apesar da ausência de episódios novos e posts no blog (ainda estamos resolvendo nossas vidas, mas não se preocupem, não desistimos do AdL!), temos mantido o nosso ritmo de leitura o mais frenético possível para termos bastante sobre o que falar!

Isso nos leva a outro ponto importante: o que não temos trabalhado no podcast, temos lido bastante para compensar. Como resultado, acabamos acumulando uma quantidade gigantesca de livros sobre os quais queremos falar. Eu tinha estabelecido para mim mesma ao começo do ano uma meta de 60 livros para ler até o final do ano. No final das contas, estamos quase no final de junho e eu já bati a meta que tinha estabelecido. Ou seja: o Top 10 do final do ano provavelmente não dá conta para classificar os livros que li até então. Portanto, nada mais justo que responder a esta tag popular entre os booktubers.

Eu vi esta tag no canal do Geek Freak já faz um tempo, mas foi só depois que eu vi o vídeo do Paulo Ratz é que eu resolvi respondê-la. Seguindo agora com as perguntas…

1. O melhor livro que você leu até agora, em 2017.
Sem sombra de dúvidas, Uma Vida Pequena da Hanya Yanagihara. Ouso até dizer que esse vai ser o meu livro preferido no top 10 deste ano. Um livro que definitivamente não é para todo mundo (e já que ainda não falei dele no podcast, deixo aqui o aviso de que ele tem trigger warning para suicídio, estupro, depressão, relações abusivas e auto-mutilação), aproxime-se dele com cautela!

2. A melhor continuação que você leu até agora, em 2017.
Eu não li muitas continuações de séries este ano, mas a que eu li e adorei foi Alcatraz #5: The Dark Talent, do Brandon Sanderson. Mais comentários a respeito dele em episódios futuros!

3. Algum lançamento do primeiro semestre que você ainda não leu, mas quer muito.
Sabe que eu tenho estado meio por fora dos lançamentos de 2017? Nessa minha ânsia de diminuir o meu backlog, a idéia de ir atrás de lançamentos sequer tem se passado pela minha cabeça. Mas só para não deixar essa pergunta em branco, dois livros que me despertaram muito a curiosidade são A List of Cages da Robin Roe e When Friendship Followed Me Home do Paul Griffin.

4. O livro mais aguardado do segundo semestre.
Gente, que dúvida, né? Oathbringer, do Brandon Sanderson. Preciso dizer por quais motivos?

5. O livro que mais te decepcionou esse ano.
Alguns livros me decepcionaram este ano, mas o que lidera nesse quesito é o livro The Wrong Stuff: The Adventures and Misadventures of the 8th Air Force Aviator, do Truman Smith.

6. O livro que mais te surpreendeu esse ano.
Novamente, difícil nomear um único livro que me surpreendeu até agora este ano. Eu podia mencionar Uma Vida Pequena, um livro para o qual eu não tinha muitas expectativas mas pelo qual acabei me apaixonando. Mas para não repetir livro nessa tag, vou dizer que foi o livro de poesias .salt, da Nayyirah Waheed.

7. Novo autor favorito (que lançou seu primeiro livro nesse semestre, ou que você conheceu recentemente).
Além da Hanya Yanagihara, acho que posso firmar meu novo amor pelo Benjamin Alire Sáenz, o autor de Aristóteles e Dante Descobrem os Segredos do Universo e A Inexplicável Lógica da Minha Vida. Eu não tinha visto que ele tinha escrito tantos livros, quero ler todos agora!

8. A sua quedinha por personagem fictício mais recente.
Eu achei que depois de Mistborn, Elantris e O Nome do Vento eu não ia mais ter crush por nenhum personagem fictício, mas acabei me apaixonando fortemente pelo Jude St. Francis de Uma Vida Pequena.

9. Seu personagem favorito mais recente.
Sacanagem, vou responder todas as próximas perguntas com Uma Vida Pequena! Mas não, se eu preciso mesmo escolher outro personagem para ser o meu preferido, vou dizer que é a Auri, que teve um livro só para ela em A Música do Silêncio.

10. Um livro que te fez chorar nesse primeiro semestre.
Uma Vida Pequena! Okay, outro livro. Vejamos… eu tenho que dizer que derramei algumas lágrimas foi A Inexplicável Lógica da Minha Vida, do Benjamin Alire Sáenz. Mais a respeito dele em breve!

11. Um livro que te deixou feliz nesse primeiro semestre.
Por incrível que pareça, foi o livro Sol Nascente, do Michael Crichton. E não digo feliz no sentido de “olha que bonitinho esse livro com o final em que todos são felizes para sempre”, mas sim no sentido de eu ter encontrado um livro do Michael Crichton que eu tenha gostado tanto! Ele tem muito para se discutir e me fez sentir menos culpada com relação a não ter gostado dos outros livros que eu li dele.

12. Melhor adaptação cinematográfica de um livro que você assistiu até agora, em 2017.
Eu só assisti duas adaptações propriamente ditas este ano: Divergente e Watchmen, e os dois filmes eu achei… okay. Divergente eu achei um pouco melhor que o livro, mas não é tão bom que eu possa dizer que é a minha adaptação cinematográfica preferida. Mas… bem, por falta de opção, acho que fico com Divergente mesmo!

13. Sua resenha favorita desse primeiro semestre (escrita ou em vídeo).
Eu sou uma pessoa terrível para esse tipo de pergunta, porque eu não costumo ler resenhas ou assistir a elas, então… essa pergunta eu vou ter que pular.

14. O livro mais bonito que você comprou ou ganhou esse ano.
Essa vai para o livro Os Homens que Não Amavam As Mulheres, do Stieg Larsson, que o Proto me deu de presente de aniversário. Novamente, agradeço, Proto! 😀

15. Quais livros você precisa ou quer muito ler até o final do ano?
Hah, o que der tempo de ler! No momento, as minhas prioridades são:
A Hora das Bruxas, da Anne Rice
Os Homens que Não Amavam As Mulheres, do Stieg Larsson
The Song of Achilles, da Madeline Miller
The Long Way for a Small Angry Planet, da Becky Chambers
Walk on Earth a Stranger, da Rae Carson

E quanto a vocês? Como está o progresso de suas leituras? Deixem-nos seus comentários!

Copyright Agentes do L.I.V.R.O. © 2014-2017