Tag: Hábitos de Escrita

9 de novembro de 2016

Já estamos em Novembro, o que significa que talvez alguns de vocês estejam participando do famigerado NaNoWriMo! Para quem não sabe, NaNoWriMo é o acrônimo para o National Novel Writing Month, que é um evento que acontece todos os anos em Novembro, onde várias pessoas definem o objetivo de escrever um livro/uma história de 50 mil palavras. Muita gente define um valor um pouco menor, enquanto algumas pessoas conseguem facilmente ultrapassar este número. Ano passado eu participei deste evento e, embora não tenha conseguido atingir este objetivo em especial, eu consegui concluir o primeiro draft de uma história. As 50 mil palavras são, para mim, um valor simbólico (embora para cumprir o objetivo do NaNoWriMo no site oficial você precise atingir exatamente este número), o que realmente importa aqui é colocar de fato as suas idéias no papel (ou no computador, o que preferir).

Para dar um pequeno boost na sua motivação para escrever sua história, hoje eu vou responder a uma tag relativamente antiga que o Victor Almeida do canal Geek Freak respondeu para o NaNoWriMo de… 2014!

Vamos às perguntas:

1. Digitado ou Escrito à mão?

Para mim, escrever é um hobby, então o processo precisa ser prazeroso. Meu trabalho, bem como grande parte das minhas tarefas, já envolve o uso de computador numa base diária, então para escrever eu gosto de fazer da maneira tradicional: à mão, com o computador desligado!

2. Letra de mão ou de forma?

Supondo que “letra de mão” se refira à letra cursiva, escolho a primeira opção. Eu demoro muito para escrever em letra de forma e não acho que o resultado final seja tão bonito.

3. Mostre sua caneta favorita.

Quem me segue no Twitter sabe que eu sou obcecada por canetas-tinteiro. Infelizmente, aqui no Brasil isso ainda é um artigo de luxo absurdamente caro, então tenho poucos modelos (e alguns deles eu ganhei). A que eu mais gosto de usar, por ora, é a minha Lamy Safari com a tinta Pelikan 4001 preta.

4. Onde você gosta de escrever?

Eu tenho uma preferência maior por locais em que eu sei que tenho sossego e posso escrever sem que me interrompam, então é no escritório de casa mesmo!

5. Quais são seus 5 autores favoritos em termos de estilo autoral ou voz?

Acho que ninguém tem dúvida de quem é O meu autor preferido a essa altura do campeonato, mas se eu tivesse que escolher cinco, seriam estes:
1. Brandon Sanderson
2. Patrick Rothfuss
3. Stephen King
4. Gillian Flynn
5. Anne Rice

6. Quais são seus 3 livros preferidos sobre escrita?

Eu não costumo ler muitos livros sobre a escrita, mas dos poucos que eu li, estes são os que eu recomendo:
1. On Writing, do Stephen King
2. Million Dollar Productivity, do Kevin J. Anderson
3. Killing the Top Ten Sacred Cows of Publishing, do Dean Wesley Smith

7. Você já participou do NaNoWriMo? Já ganhou?

Sim, eu participei do NaNoWriMo de 2015 e não, infelizmente não ganhei. MAS saí dele com o first draft de duas histórias. Tudo o que me falta agora é parar de enrolar e começar a editar!

8. Você já teve algo publicado?

AINDA não!

9. Em quais projetos você está trabalhando agora?

Atualmente, estou trabalhando em um livro de fantasia, mas tenho planos para mais histórias.

10. Qual a sua trilha sonora para os momentos de escrita?

Depende muito do que eu estou escrevendo. Eu geralmente faço uma playlist para cada tipo de história (e no dia em que eu FINALMENTE publicar minha história, penso seriamente em incluir a playlist da mesma!). Mas algumas das trilhas sonoras que costumam ser praticamente uma carta coringa para os momentos em que estou escrevendo são as OSTs de Final Fantasy XV: Kingsglaive, a de Transistor e a maravilhosa OST de Journey!

11. Você tem uma música que te anima a escrever?

Não consigo pensar em uma única música que me anima a escrever, embora existam várias que podem me inspirar a escrever alguma história (inclusive, as duas histórias que já concluí foram baseadas em uma música que eu escutei incessantemente por vários dias a fio).
A música que me inspirou a escrever a primeira história é Omnis Lacrima, do Final Fantasy XV.
A música que me inspirou a escrever a segunda história é Not Strong Enough, do Apocalyptica.
Quanto à minha história atual, ela ainda não tem uma música que a tenha definido, mas a que chega mais perto disso é a música Fires at Midnight, do Blackmore’s Night.

E vocês? Pretendem participar/estão participando do NaNoWriMo? Deixem-nos seus comentários e, se quiserem, respondam à tag! \o/

Copyright Agentes do L.I.V.R.O. © 2014-2017