Tag dos 50%

22 de junho de 2016

(Disclaimer: a imagem do post veio daqui!)

Estamos exatamente na metade de Junho e… uau. Este ano está passando incrivelmente rápido! Aproveitando a oportunidade, acho adequado responder a uma tag que tem circulado recentemente pela comunidade Booktube: a Tag dos 50%! Eu a vi pela primeira vez no canal Geek Freak e achei bem interessante responder, até mesmo para dar uma prévia de que livros provavelmente aparecerão no último podcast do ano. Vamos lá!

1. Melhor livro que você já leu até agora

Eu tenho a leve impressão de que O Temor do Sábio, de Patrick Rothfuss, vai permanecer imbatível este ano. Apesar dos altos e baixos, eu gostei bastante desse livro e dos novos personagens que foram apresentados ao universo das Crônicas do Matador do Rei. Lembrete maroto: já fizemos um podcast a respeito deste livro!

2. Melhor continuação que você leu até agora

Para não mencionar o mesmo livro da pergunta anterior, vou dizer que foi Calamity, do Brandon Sanderson, o último livro da trilogia The Reckoners, sobre o qual também já fizemos um episódio!

3. Algum lançamento do primeiro semestre que você tem e ainda não leu

Front Lines, do Michael Grant, que foi lançado dia 28 de Janeiro. Vou falar um pouquinho a respeito desse livro na nossa sessão de Para Ler, no próximo episódio do podcast. Acredito que ainda este ano vou conseguir falar a respeito dele!

4. O livro mais aguardado do segundo semestre

Estou em dúvida entre Crooked Kingdoms da Leigh Bardugo, que é o segundo livro da duologia Six of Crows, e a novella de Stormlight Archive, do Brandon Sanderson, protagonizada pela Lift. Independente, assim que os dois livros saírem, podem ter a certeza de que vou comentar a respeito deles no podcast!

5. O livro que mais decepcionou este ano

De longe, Theft of Swords, do Michael J. Sullivan. Junte a expectativa de ler um livro bastante comentado pelo Booktube e a decepção de ver uma história fortemente apoiada em tropes que eu não gosto e temos aqui a receita perfeita para o desastre.

6. O livro que mais te surpreendeu este ano

Possivelmente Six of Crows, da Leigh Bardugo. Eu não achei o livro TÃO grandes coisas quando terminei de escutar o audiobook, mas ocasionalmente minha mente volta para esse livro e todos os personagens que o protagonizaram.

7. Novo autor preferido (que você conheceu recentemente)

Por enquanto é a C.S. Pacat, autora da trilogia Captive Prince, sobre a qual já fiz um post no blog. Ela tem um jeito super simpático, eu adoro o estilo dela de se vestir e segui-la no Twitter é bem divertido.

8. Sua quedinha por personagem fictício mais recente

De longe, Tempi, do livro O Temor do Sábio, do Patrick Rothfuss. Eu quase sempre tenho queda por personagens que têm dificuldade em falar determinada língua, mas o Tempi é uma pessoa toda fofa e especial e eu o adoro muito.

9. Seu personagem preferido mais recente

Vou dar uma roubadinha de leve nessa pergunta porque eu li vários livros bons e é covardia ter que escolher apenas um.

  • David Charlston, da trilogia The Reckoners
  • Prince Damianos, da trilogia Captive Prince
  • Wayne. da série Mistborn Era 2

10. Um livro que te fez chorar nesse primeiro semestre

Novamente, O Temor do Sábio, do Patrick Rothfuss. Comentei bem brevemente essa parte no podcast. Também fiquei com os olhos marejados no finalzinho do livro Calamity, do Brandon Sanderson.

11. Um livro que te deixou feliz nesse primeiro semestre

Adulthood is a Myth, da Sarah Andersen. O Thiago falou a respeito do livro no episódio 55. Eu o ganhei de presente de aniversário do meu amigo e li numa tacada só, ele é engraçadíssimo e eu definitivamente recomendo!

12. Melhor adaptação cinematográfica

Eu não lembro de ter assistido nenhum filme baseado em livro este ano, então vou ter que pular essa pergunta!

13. Sua resenha preferida desse primeiro semestre

Feita por outra pessoa? Voto na resenha sem spoilers de Dois Garotos se Beijando que a Mayra do canal All About That Book fez há um tempinho. Eu estou doida para ler esse livro e não duvido que ele vá dar as caras no podcast muito em breve!

Feita por mim? A discussão com spoilers da trilogia Captive Prince. Eu sinto que podia ter escrito muito mais a respeito da trilogia, mas acabei optando por ser um pouco mais breve (e ainda assim o post ficou relativamente longo).

14. O livro mais bonito que você comprou/ganhou este ano

Obviamente foi a versão hardcover the Words of Radiance, do Brandon Sanderson, que ganhei de presente de aniversário do meu amigo Fred!

15. Quais livros você precisa/quer ler até o final do ano

Eu preciso ler muita coisa este ano, mas os que eu faço questão de concluir são

  • The Blade Itself, do Joe Abercrombie. Honestamente, não estou gostando desse livro, mas eu raramente abandono a leitura da cópia física de um livro, então…
  • Eragon, do Christopher Paolini. Já tenho esse livro há mais tempo do que consigo lembrar, mas não faço idéia de por que eu nunca parei para lê-lo.
  • The Eye of the World, do Robert Jordan. Eu quero ler a série The Wheel of Time por um único motivo: os dois últimos livros foram escritos pelo Brandon Sanderson e uma das minhas grandes metas até o final do ano que vem é ler tudo que o Brandon Sanderson já publicou.

Além disso, também pretendo reler a trilogia Mistborn Era 1, o livro The Way of Kings (e se sobrarem algumas horinhas, talvez escutar o audiobook de Words of Radiance) e o livro Fangirl. Também tenho vontade de reler alguns mangás que eu adorava quando era adolescente e que agora estão pegando poeira na minha estante.

E vocês? Como está o seu progresso literário? Quais são os seus livros favoritos? Quais são os que vocês menos gostaram? Deixem-nos seus comentários!

  • Vicente Aguiar

    Vou entrar tb:

    1- (Melhor livro que li até agora) Vou com The Long Way to a Small, Angry Planet, da Beck Chambers. Poderia ter entrado na lista de livro que mais surpreendeu, mas vou colocar outro.

    2- (Melhor continuação) The Bands of Mourning, do Brandon Sanderson. Sei que você não curtiu muito, e eu mesmo fiquei meio confuso com várias coisas, mas não dá, é MISTBORN!!!

    4- (Lançamento) Acho que é a novella de Stormlight Archive, também. Na verdade, é a coletânea de short stories do Cosmere que ela vai sair, acho que vou esperar pra ler os que ainda me faltam…

    5- (O que mais decepcionou) Prince of Thorns. Não consegui engolir o protagonista e a história inteira me pareceu boba demais.

    6- (O que mais surpreendeu) Stardust, do Neil Gaiman. Eu só tinha visto poster da adaptação pro cinema, mas nunca me atraiu. Como é do Gaiman, resolvi ler e me surpreendi MUITO, adorei a história e a escrita dele, pra variar.

    7- (Autor novo favorito) Percebi que a maioria dos livros que li foram de autores que já conhecia, então apesar de ter lido só 1 livro dela, vou escolher a Lygia Fagundes Telles. Gostei muito de Ciranda de Pedra.

    8- (Quedinha por personagem) Miriam Black, de Blackbirds. Ela me lembra muito a Lisbeth Salander, e isso já é motivo o suficiente pra eu me apaixonar 😛

    9- (Personagem prefirido) Foi meio difícil escolher esse pq não tiveram muitos personagems que me marcaram, mas vou escolher o Silas, de The Graveyard Book.

    11- (Um livro que me deixou feliz) Stardust, de novo. Terminei esse livro sorrindo de orelha a orelha

    12- (Melhor adaptação) Acho que não vi nenhuma adaptação esse ano, só de quadrinhos, mas não os leio, então não vou considerar. Então vou dar uma roubada também e escolher Game of Thrones. (eu reli o primeiro livro nesse semestre entao acho que conta né :P)

    15- O Temor do Sábio (reler); Good Omens e Luzes de Emergência se Acenderão Automaticamente, da Luísa Geisler.

    Percebi que 31 livros não são tantos assim na hora de fazer uma lista dessa

  • Timóteo Rezende Potin

    Só uma pequena correção, são os três ultimos livros da Roda do Tempo que são escritos pelo Sanderson. Mais 3000 fucking pages dele para ler! Eu ouvi um amém?? kkkkkkk…

    Vou responder tb, mas o meu vai ser meio repetitivo:

    1) Melhor livro: Words of Radiance, do Brandon Sanderson. Dispensa comentários né…

    2) Melhor continuação: A resposta certa é Words of Radiance, mas vou citar The Well of Ascension, do Sanderson tb só pra citar um diferente.

    3) Lançamento: Mistborn: The Secret History.

    4) Livro mais aguardado: Edgedancer, a novella de Stormlight Archive do Brandon Sanderson (mano, 4 respostas seguidas com o Sanderson?!)

    5) Minhas leituras desse ano foram muito boas até o momento, não tive nenhuma leitura ruim. Vou apontar como decepção The Lies of Locke Lamora, do Scott Lynch, que mesmo sendo um bom livro, pelo hype em torno dele eu esperava um pouco mais.

    6) Surpresa: Windhaven, co-escrito pelo George RR Martin e a Lisa Tuttle. Não sabia exatamente o que esperar desse livro, mas ele me entregou uma leitura muito satisfatória.

    7) Autor novo favorito: Quase todas as leituras desse ano foram de autores que eu já conhecia. Vou apontar a Robin Hobb nessa aqui. Não é exatamente minha nova autora favorita, mas dos que eu desconhecia foi a que eu mais gostei.

    8) Queda por personagem: Shallan Davar de Stormlight Archive (eu gosto da Shallan, me julgue mundo!), Maris of Lesser Amberly, de Windhaven e a Shai de The Emperor`s Soul.

    9) Personagem favorito: Kaladin Stormblessed, de Stormlight Archive, é o primeiro que vem a cabeça. Shai de The Emperor’s Soul, Jean Tannen, de The Lies of Locke Lamora.

    10) Livro que te fez chorar: Windhaven. Não me lembro quando havia chorado com um livro pela ultima vez antes de ler esse.

    11) Um livro que me deixou feliz: Warbreaker, do Brandon Sanderson. Gargalhei direto com esse livro. Todos os diálogos do Susebron com a Siri me fizeram rir (alguns me fizeram ter crises de riso, como aquele fatídico “eu simplesmente sentava aqui e esperava acontecer”).

    14) Livro mais bonito: Esse ano eu praticamente só comprei ebooks, então vou colocar Words of Radiance tb, pq adoro a ilustração da capa e um dia eu compro os hardcovers. Se for obrigado a postar um livro físico, fico dividido entre a capa do pocket hardcover (aparentemente isso existe) da Zahar de A Volta de Sherlock Holmes. A Zahar pra mim é a editora brasileira que faz as versões mais bonitas dos livros clássicos. Tb cito aqui Ferreiro de Bosque Grande, do J.R.R. Tolkien, pela WMF Martins Fontes. Achei a capa dele muito bonita.

    15) Tantas coisas que eu quero ler nesse segundo semestre, mas acho que os que não vão faltar são: Mundo sem Fim, do Ken Follet, Shadows of Self, do Brandon Sanderson, Twelve Kings in Sharakai, do Bradley P. Beaulieu e Promise of Blood, do Brian McClellan.

Copyright Agentes do L.I.V.R.O. © 2014-2017