Estatísticas de 2015 e resoluções literárias para 2016

30 de dezembro de 2015

(a imagem do post veio daqui!)

2015 foi um ano bem agitado em termos de leitura. Tivemos diversos lançamentos arrasadores, maratonas à beça e muita, mas MUITA coisa para ler. Também acredito que eu nunca li tanto como em 2015, batendo todos os meus recordes até agora. Se por um lado precisei abdicar de certas coisas pelo bem do podcast, por outro lado também acho que adquiri bastante experiência com relação a vários outros assuntos.

2015 também marca o segundo aninho de vida do Agentes do L.I.V.R.O., e mais uma vez eu gostaria de agradecer a presença do meu caríssimo amigo Thiago, sem o qual o podcast não existiria. Se a qualidade da edição das músicas do podcast melhoraram do ano passado para cá, temos que agradecer a ele!

E agora, sem mais delongas, vamos agora aos números!

Ano passado eu li um total de 54 livros, o que eu já considerava um número fantástico, e que eu considerava que jamais poderia alcançar novamente. Pois bem, caríssimos. De acordo com o Goodreads, este ano eu li 77 livros, ultrapassando minha marca anterior e estabelecendo um novo recorde literário por minha parte… e estamos falando apenas de livros. Se formos contar os comics, eu li um total de 18 comics, número que eu também considero bastante grande.

Do ano passado para cá, comecei a me organizar um pouco melhor com relação à contagem de páginas e, de acordo com as minhas contas, li em 2015 um total de 27593 páginas, o que daria uma média de 299 páginas por livro. Infelizmente, essa conta não é muito precisa, visto que estou incluindo nessa contagem o número de páginas dos comics que eu li e também o número de páginas equivalentes aos audiobooks que escutei.

Eu adquiri um total de 60 livros (16 eBooks, 15 livros físicos, 29 audiobooks), e li um total de 75 (23 eBooks, 16 livros físicos, 36 audiobooks – mais Watchmen, a releitura de A Culpa é das Estrelas e mais alguma coisa que não consigo me recordar no momento). Ou seja, o número de livros que li/escutei foi bastante superior ao número de livros que eu comprei, o que significa que eu estou conseguindo alcançar minhas metas de leitura e colocar a TBR em dia! Ah, também devolvi 7 livros cuja leitura não me agradou. Excelente vantagem para mim, assim tenho menos livros acumulados que eu não pretendia reler de qualquer maneira.

Com isso, encerro o ano com um saldo positivíssimo! Estou conseguindo policiar muito bem as minhas compras (claro que a crise do mercado brasileiro e a alta do dólar têm contribuído fortemente para isso), ler uma quantidade bastante satisfatória de livros por mês (uma média de 6 livros por mês pra mim é uma ótima média!) e, com um pouco mais de disciplina, muito em breve conseguirei colocar em dia a minha lista de livros para ler!

Vamos ver agora como ficaram as resoluções de ano novo que eu fiz ano passado:

1. Manter a contabilidade dos comics que adquirir
Ironicamente, isso é algo que eu acabei não fazendo este ano e não posso nem me justificar, porque não sei por que cargas d’água eu não fiz isso. Por um lado, não comprei tantos comics este ano que sinta a necessidade de listar todos eles, mas comprei o suficiente para acabar gerando um backlog relativamente grande. Pretendo, obviamente, fazer posts no blog para cada um deles por aqui conforme for lendo!

2. Manter uma contabilidade do número total de páginas lidas
Feito com sucesso! O resultado é o que vocês podem ver neste post!

3. Priorizar a leitura dos livros físicos
Este item deixou um pouco a desejar. De todos os livros físicos que eu tenho, eu li apenas 15 (sendo que dois deles eu comprei este ano). Isso deu uma leve diminuída na minha TBR de livros físicos, mas eu ainda tenho um longo caminho a percorrer…

4. Desfazer-me dos livros que não pretendo mais ler
Acho que posso considerar que obtive sucesso neste item. Eu fiz uma bela limpeza na minha lista de livros físicos, ficando apenas com os livros que gosto muito e pretendo reler, mas ainda sinto que dá para dar uma melhorada!

5. Evitar eBooks gratuitos que não estejam na minha wishlist
Acho que também posso considerar este item um sucesso. Dos eBooks gratuitos que adquiri, apenas um deles não foi lido assim que eu o peguei (sem contar livros técnicos).

6. Incluir audiolivros e eBooks nos posts de Book Haul
Os posts de book haul foram bastante escassos este ano e, por três meses, eu fiz um pequeno intervalo na minha assinatura do Audible devido à alta do dólar. Eu geralmente listo os livros que adquiro nas listas que posto no meu blog pessoal e mantenho a lista de aquisições atualizada, então acredito que obtive sucesso aqui.

Bom, para não perder o costume, vou fazer uma pequena lista de resoluções para 2016, mais por hábito do que qualquer outra coisa. Acho que não tem muita coisa na minha vida que eu não deixei mais ou menos resolvida em termos de livros para ler, mas sinto que algo estaria faltando se eu não incluísse uma lista por aqui, então lá vai:
1. Ler todos os meus livros físicos (número inicial: 14 livros)
2. Manter a mesma média de livros lidos em 2015 (ou ler ainda mais, se possível!)
3. Ler todos os livros já lançados até agora pelo Brandon Sanderson: graças ao #YearOfCosmere, deu para dar uma boa adiantada, mas ainda assim sobra uma quantidade relativamente grande de coisas a serem lidas. Entre elas:

  • Elantris (que eu já comecei a ler!)
  • The Emperor’s Soul
  • Warbreaker
  • Os quatro livros já lançados da série Alcatraz
  • Os três livros da série The Wheel of Time (o que também implica que eu vou precisar ler todos os livros da série escritos pelo Robert Jordan)
  • Os dois livros da série Infinity Blade
  • Os três livros que serão lançados em 2016 (Bands of Mourning, Calamity e o quinto livro da série Alcatraz – isso se não der a louca nele e ele resolver lançar Oathbringer!)

4. Reler todo mês pelo menos um livro que eu tenha gostado (por enquanto tenho em mente The Way of Kings, a primeira trilogia Mistborn, Steelheart, Firefight, Fangirl e outros livros sobre os quais pretendemos fazer um episódio especial muito em breve!)

5. Limpar o TBR de comics (com sorte, consigo concluir essa tarefa antes da metade do ano!)

E eu acho que é isso que eu tinha a falar neste post. E vocês? Como se saíram com a lista de resoluções do ano passado para cá? Deixem-nos seus comentários!

Novamente, a todos os nossos ouvintes e pessoas que acompanham nosso blog, os Agentes do L.I.V.R.O. desejam a todos um excelente 2016!

Copyright Agentes do L.I.V.R.O. © 2014-2017